TRATAMENTOS ESTÉTICOS

Dermatologia estética

Experiência e os melhores equipamentos para a realização de procedimentos estéticos

PEELLING QUÍMICO


O peeling químico consiste na aplicação tópica de determinados substâncias químicas capazes e provocar reações que vão desde uma leve descamação até necrose da derme, com remoção de pele em diferentes graus. Isso significa que haverá descamação e troca de pele, atuando no tratamento de manchas, acne e envelhecimento cutâneo.

Quando bem indicado o peeling pode promover resultados excepcionais, principalmente no foto envelhecimento. O peeling é realizado, preferencialmente, no inverno, para que o excesso de sol não atrapalhe a recuperação da pele.

PEELING SUPERFICIAL


Age na epiderme, que é a camada mais superficial da pele e não apresenta grandes problemas após sua aplicação. Pode ser realizado com as seguintes substâncias: Ácido retinóico
Ácido glicólico
Ácido tricloroacético
Ácido salicílico
Pasta de resorcina

PREENCHIMENTO E MD CODES


Esta técnica preconiza a avaliação global do rosto, com atenção as desproporções e perdas do tecido gorduroso, vazios e sombras e repercussões de movimentos de cada indivíduo. A partir desta avaliação completa, utiliza-se o preenchedor em determinados pontos, chamados códigos, que favorecem o levantamento facial e também reestruturam áreas já muito fragilizadas. Trata-se de técnica de preenchimento, utilizando-se o conhecido ácido hialurônico.

Cada caso deve uma avaliação individualizada embasada no conhecimento da anatomia e fisiologia. Os códigos são referências especiais para esse tipo de tratamento e contribuem para um melhor entendimento do conjunto de estruturas que compõe a face humana.

As áreas envolvidas na aplicação dos MD Codes™ compreendem toda a região dos olhos, região malar, lábios, área do queixo e contorno facial.

Dependendo da situação, quando bem indicada e na hora certa, essa técnica pode equivaler a uma cirurgia plástica, preservando a anatomia e as proporções individuais, visando o rejuvenescimento global e não apenas localizado.

TOXINA BOTULÍNICA


Após muitos anos da sua utilização tanto para doenças como para estética a toxina botulínica se consagra como um tratamento simples efetivo e seguro. Sua aplicação pode ser feita para rugas de expressão, modelação do rosto, pescoço e colo, hiperidrose, entre outros.

O uso da toxina botulínica é um procedimento médico, seguro, eficaz e com poucos efeitos colaterais, que tem sido interessante, inclusive para associar com outros procedimentos como: “peelings”, laser, preenchimentos e cirurgias.

CRIOLIPÓLISE


O termo criolipólise se refere a destruição seletiva e intencional de adipócitos (células que armazenam gordura) através de resfriamento controlado. A criolipólise é feita com tecnologia não invasiva que promove a sucção da pele junto com o subcutâneo que é resfriado entre duas placas de congelação. O equipamento controla o vácuo, a temperatura e o tempo de congelação. O frio atinge o subcutâneo, a pele suprajacente é protegida e não é danificada, pois não é resfriada na mesma temperatura que o tecido gorduroso. Portanto, a criolipólise tem como princípio a agressão da célula gordurosa pelo frio. O adipócito é mais sensível às baixas temperaturas do que as estruturas da epiderme e derme. O adipócito, ao ser atingido pelo frio, sofre um processo de destruição chamado apoptose e na sequência é eliminado do organismo.
WhatsApp chat