DERMATOLOGIA CLÍNICA

Dermatologia clínica

Consultas com hora marcada na especialidade

Veja os principais tratamentos

ACNE


A acne é dermatose crônica, comum em adolescentes, caracterizada por lesões inflamatórias, principalmente na face. É uma doença do folículo pilossebáceo na qual vários fatores interferem. Genético, hormonal, hiperprodução sebácea, hiperqueratinização folicular. Bem como aumento da colonização bacteriana pelo Propionibacterium acnes.

MELASMA


O melasma é uma hipermelanose adquirida caracterizada pelo aparecimento de manchas acastanhadas localizadas, principalmente, no rosto e raramente no corpo. Ocorre preferencialmente em mulheres hispânicas e asiáticas e em cerca de dez por cento dos homens.

O diagnóstico é essencialmente clínico, pode ser classificado em superficial ou profundo, conforme o local do excesso do pigmento melânico.

VITILIGO


O vitiligo é uma doença de pele não contagiosa, não inflamatória, que causa manchas brancas em qualquer parte do corpo, inclusive nos pelos. Embora sua causa exata não esteja estabelecida, hoje já conhecemos muito mais sobre essa dermatose.

Trata-se de uma doença autoimune, com auto anticorpos e com células inflamatórias que agridem o melanócito (célula que faz o pigmento) e facilitam o aparecimento das manchas brancas.

CÂNCER DE PELE


Câncer da pele é o crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Qualquer célula que compõe a pele pode originar um câncer, logo existem diversos tipos de câncer de pele, os mais comuns são os carcinomas basocelulares (CBC), os carcinomas espinocelulares (CEC); e o melanoma cutâneo, mais perigoso dos tumores de pele.

ROSÁCEA


A rosácea é uma doença inflamatória que se caracteriza por deixar a pele vermelha e com lesões que lembram espinhas espalhadas principalmente na face. As mulheres entre 35 e 65 anos são as mais comprometidas, principalmente aquelas com pele clara e sensível. Fatores variados, como álcool, calor, frio excessivo e estresse, podem piorar essa condição e causar muito constrangimento e baixa autoestima.

A causa da rosácea ainda não está esclarecida, mas sabemos que os vasos superficiais da face estão comprometidos e dilatados.

DERMATITE ATÓPICA


A dermatite atopica é uma doença única, inflamatória que afeta pacientes desde os 4 meses até a idade adulta. A pessoa atopica é muito sensível e pode ter manifestações respiratórias como rinite, bronquite, asma e aquelas de pele como a dermatite atopica.

A dermatite atopica aparece nas crianças após 4º mês como um avermelhamento e descamação com vesículas e crostas muito pruriginosos no rosto, principalmente área das bochechas. Após os 2 anos até a adolescência a dermatite atópica aparece como avermelhamento e coceira nas dobras dos braços e pernas sempre com muita coceira. Após a adolescência a dermatite tópica pode aparecer como coceira e engrossamento da pele em qualquer parte do corpo, como rosto, pescoço, braços e pernas. O quadro é crônico e evolui com surtos de melhora e piora.

DERMATOSES VIRAIS


Causadas por vírus, manifestam-se de diversas formas como verrugas vulgares, herpes simples, herpes zoster, dentre outras.

DERMATITE SEBORRÉICA


Inflamação crônica da pele, com descamação (comumente conhecida como caspa) e vermelhidão principalmente no couro cabeludo e na face.

QUEDA DE CABELO


Várias são as causas que podem levar à queda de cabelo. O acompanhamento de um dermatologista é essencial para um correto diagnóstico e consequentemente o tratamento adequado.

HIPERIDROSE


Suor excessivo principalmente nas mãos, pés, axilas e virilhas. O dermatologista pode fazer o acompanhamento clínico inicial, sugerir tratamentos e também avaliar quando a cirurgia corretiva for necessária, encaminhando assim para um cirurgião especializado.

PSORÍASE


Doença inflamatória crônica sem cura, porém com diferentes tratamentos que podem controlá-la e melhorar a qualidade de vida de seus pacientes. O correto diagnóstico e também um tratamento adequado são essencias para a diminuição das placas avermelhadas e descamativas, comuns tanto na pele como no couro cabeludo.

Outros pacientes ainda procuram a Dermatologia Clínica para tratar unhas fracas, olheiras, rosácea e micoses (pés, unhas e cabelos). Muitos são os tratamentos já disponíveis no mercado e o dermatologista irá recomendar o melhor deles após os exames, a avaliação do quadro clínico e as necessidades do paciente.

WhatsApp chat